27.3.08

peço desculpa...

... o pão e o leite não baixam. O iva da maioria dos produtos alimentares é de 5%, que se mantém.
Mas haverão outros que eu não me lembro...
... nada disso muda o facto de que nada vai mudar.

6 comentários:

Dinocas disse...

Estes governantes se fossem mas é "dar banho ao cão" faziam bem melhores figuras...isto para não dizer coisas bem piores!
Os atestados de estupidez e burrice que eles têm passado a todos nós são ultrajantes...enfim, "terra dos brandos costumes"...

_SunFlower_ disse...

olá sra da Rádio... =)

Pois, mas mesmo assim é melhor baixar 1 do que baixar 0. Mesmo se, aparentemente, o resultado em termos de € se mantiver igual. Apesar de tudo, acho que isto dá aos portugueses a esperança de que as coisas mudam. Devagarinho (e às vezes ilusoriamente), mas mudam.

tenho dito.

Dinocas disse...

Pois é Sun, é exactamente isso que eles querem que o povo pense...e é exactamente isso que eles vão conseguir: que o eleitorado tenha essa linha de pensamento e consequentemente votos (neles!)...até baixaram os impostos como prometeram, tadinhos, até nem são maus de todo...

Também tenho dito.

;)

Sarita disse...

eu acho bem que eles baixem. Mas acho que as mudanças devem ser sentidas, e não figurarem apenas no papel.
Para mim, e com a mesma medida populista que busca o voto, fazia-me muito mais sentido não baixar aqora e baixar para o ano, mesmo antes das campanhas eleitoriais, alguma coisa que se visse. Tipo, voltar aos 19 ou até mesmo aos 17% que em tempos tivemos. Aí, as pessoas iam ver alguma coisa na carteira. Mas 1% agora é igual a nada (os arredondamentos são sempre feitos para baixo) e se daqui a 1 ano baixarem mais 1% ou 2 vai ser exactamente igual.
Ou baixavam um imposto que todos de alguma forma sentissemos, ou que tivesse repercussões em tudo. Por exemplo o dos produtos petrolíferos - os transportes podiam baixar, a distribuição de bens também o que poderia levar à diminuição de custos dos produtos, as próprias pessoas - que têm carro - sentiriam na carteira.
O nosso imposto sobre combustíveis é 3x superior a espanha e umas 2 que a média da UE.
Não há-de tudo ser mais caro por cá!

Ainda bem que baixaram... mas quer-me parecer que isto é mais uma tentativa de tapar o sol com a peneira, de mandar areia para os olhos, do que propriamente fazer algo que efectivamente diminua os "esforços" que têm sido pedidos aos portugueses!

VM disse...

Eu concordo, a abaixar deveria ser algo que realmente mexesse na carteira das pessoas, no seu dia-a-dia, as empresas sentissem isso, no seu poder de compra, etc. Com os combustíveis altos (muito ganha a Galp (com a ajuda do Governo que tem interesses ali)) deveríamos sentir isso… mas não vamos, não vamos comprar o pão mais barato, nem o leite, nem o gasóleo, nem o passe, nem as portagens, não vamos ter a agua mais barata, nada (tenho a impressão que nem nas taxas moderadoras). Teremos de continuar a poupar porque o combustível está caro (basta um árabe espirrar para o preço do petróleo disparar) e subindo este bem sobe tudo. Não há economia que valha às famílias a quem pedem sacrifícios (sempre os mesmos) mas são raras as beneficies, paga-se tudo. E como o emprego está fantástico (já não falo dos ordenados) o português é comer (mal) e calar, de preferência a engordar o Belmiro.

Agora tenho dito! (só mesmo para tentar ter a ultima palavra…)

_SunFlower_ disse...

Eu tb acho que sim, mas se estamos à espera que aconteça... lol

Qualquer dia candidato-me.