14.11.05

o meu primeiro beijo

ontem fui passear a Sesimbra... e com esse passeio encontrei um rapaz que já não via à algum tempo... o david. O david tem um coração do tamanho do mundo, uma ingenuidade tremenda e infelizmente também um ligeiro atraso que faz com que faça e diga sempre aquilo que pensa e deseja. Sempre me tratou muito bem, sempre me falou, era até às vezes um bocado despropositado... ontem quando o vi, não me reconheceu. Falei-lhe e assim que soube quem era deu-me um grande abraço... daqueles que as crianças nos dão quando têm muitas saudades nossas...
o david é irmão de uma pessoa que vai ficar sempre marcada na minha lembrança com um grande, grande carinho... o ricardo.
O ricardo era um rapaz muito simpático, muito popular, inteligente... mas claro... com tudo isto também... pintas.
Nos meus 13 anos tive uma grande grande paixão pelo ricardo... ele também gostava de mim... mas a concorrência era tão feroz (aos 13 anos lutamos mesmo por aquilo que queremos... bem mais do que com 25) que ele se deixava ludibriar com todas as outras raparigas (umas delas, diga-se de passagem bem mais giras do que eu...).
Lembro-me de uma carta que lhe escrevi em que fui realmente muito má... era no tempo em que dizia tudo aquilo que pensava... que achava e nem me preocupava muito se por acaso estava a exagerar ou se me estava a expor... dizia e pronto... então expus-lhe a minha opinião a respeito da nossa amizade colorida... e a respeito das amiguinhas todas que ele tinha e que me deixavam morta de ciumes... a verdade é que passado pouco tempo ele me pediu para namorar com ele (afinal a verdade compensa e hoje em dia tenho tanta dificuldade em dizer tudo o que penso...).
Era tudo o que eu mais desejava, mas naquela altura tremi que nem varas verdes... obviamente disse que sim... como é que ia dizer que não àquele rapaz com cara de Tom Cruise de quem eu gostava à tanto tempo... mas morria de medo...
ele era mais velho que eu... tinha 16 acho... e deu-me um beijo...
foi um beijo inocente... um "selinho" como dizem os nossos irmãos brasileiros, expressão bem mais feliz que o português "chocho"... só me deu aquele beijo, porque lembro-me que fugi a 7 pés dele... fui-me embora de Sesimbra sem sequer me despedir dele... inventei que os meus pais me tinham ido buscar e tinha de me ir embora... mas ainda hoje me lembro daquele beijo dado às escondidas debaixo da janela do quarto de um amigo nosso que morava lá...ainda me lembro dos nossos olhares cumplices e da forma como o meu coração batia a 1000 à hora cada vez que os nossos olhos se cruzavam...
nunca mais soube nada do meu amigo ricardo... ainda nos escrevemos entretanto (sim... isto no tempo em que os ctt eram os maiores aliados dos amores de verão) mas sinceramente não me lembro de nenhuma dessas cartas... sei que entretanto ele tirou um curso de engenharia (acho que mecânica) com belíssimas notas... mas nunca mais o vi.
Gostava de rever o ricardo... gostava...

1 comentário:

Moe disse...

Hi
Thanks for your comment.
So you r from Portugal. What do you do ?

Your photos are nice. I do believe that photos do more attraction to the blog.
I upload some photos at my blog. I’d like to know your comment.
I’m not professional. I’d like to know your comment.
bye